Domingo, 12 de Outubro de 2008

Não me deixes assim...

Não me deixes assim,

“sozinho”,

vendo a chuva deslizando,

o sol pousando,

as ondas entoando,

nesta canção,

de solidão…

neste vale de magia,

onde tudo é encantado,

e amado..

Fecho os olhos,

e vejo-te já no meu ombro,

aconchegadinhos,

bem juntinhos,

onde apenas te olho,

e me uno a ti,

num amor tão perfeito,

que basta-nos assim,

permanecer,

para um ao outro, pertencer.

Faces coladas,

num carinho tão fofinho,

mão dadas,

num afecto tão meiguinho,

lábios tocando-se.

num querido beijinho.

Embora não sabendo quem és,

já te amo,

embora não sabendo onde estás,

já aí pertenço,

embora nada sabendo,

já sei o suficiente…

um verbo apenas,

amar,

um estado único,

contigo estar.

 

flipe

 

publicado por flipe às 19:35
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 44 seguidores

relojes web gratis

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Não me deixes assim...

. No ofusco..

. Azul...

Hug
Photobucket