Domingo, 3 de Agosto de 2008

Azul...

Azul, sem rubor,

sem dor,

azul de cor,

de amor.

Azul dos céus,

dos mares,

dos sonhos véus.

Cor das palavras,

das letras,

que deixo ser,

que faço envolver.

O teu olhar…

o que me fará apaixonar,

encantar,

será azul?

Ou será um verde Sol,

que em azul de pureza,

se contempla sem destreza.

O desconhecido, será vencido,

quando o azul predominante,

vier avante,

e fizermos dos nossa vista,

azul sem mista,

azul de pura fantasia,

de eterna magia.

 

Filipe

 

 

 

 

publicado por flipe às 15:34
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 44 seguidores

relojes web gratis

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Azul...

Hug
Photobucket