Domingo, 21 de Junho de 2009

Um doce olhar...

Um doce olhar,

adoça,

o teu regressar.

É no descortino da manhã,

que no sol nascer,

te procuro até me perder.

E quando o sol fica,

tomo anestesia,

papel  caneta,

breve maresia.

O sol se põe,

e nele um angustiar,

de mais um dia,

sem te amar.

Não sofro por ser feliz,

apenas sou,

mas sem ti, canto,

é musica em silêncio,

descolorido pranto.

Os dias não avançam,

o trem, não vem,

a estação ficou em ti,

e o embarcar,

num único estar.

Apenas uma vírgula,

procuro no conto,

onde era uma vez,

magia cor,

feliz final,

eterno amor.

Flipe

 

P ti    J...ete

publicado por flipe às 20:39
link | comentar | favorito
4 comentários:
De Branca a 24 de Junho de 2009

Nossa que declaraçao mais lindaaaaaaaaaaaa......

Isso que é um homem apaixonado......

=]

Que vc seja retribuido a altura!
Bjs
De flipe a 26 de Junho de 2009
Obrigado Branca. São apenas palavras q procuram traduzir o qt procuro amor, e neste ela, e nela o amar... o eterno e perfeito amar... assim como é verdadeiramente, e assim como o preconizo... obrigado, e q tb tu sejas retribuída na dimensão do amor... sempre... bjs
De taniam_heidi a 27 de Junho de 2009
Escreves sempre dos teus sonhos... por experência própria.
Mts jinhos e bom de semana.
De flipe a 28 de Junho de 2009
bg Tânia.... È verdade...é mt bom sonhar....... mt , mt bom... mts jinhos tb, e boa semana... obrigado........

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 49 seguidores

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Canto

. Viagem perdida

. Sentir

. Umbigos

. Até ao fim

. Este livro

. Partida

. Negação

. Nevoeiro

. Silêncio de alma

. Diz-me

. Estranho

. Tinta

. Sete

. Palavras fechadas

. Sangue

. Dúvidas

. Vem, por favor!

. Entre linhas

. ps: para ti que não conhe...

. Oiço vozes do além

. Pinga lá fora e cá dentro

. Demónios

. Sozinho

. Entre o tudo e o nada