Sábado, 29 de Novembro de 2008

Abro um envelope...

Abro um envelope.

de uma manhã açucarada,

um desejo de ti,

numa noite deslavada.

Se dum lápis, fizesse realidade,

aqui estarias,

junto de mim, em verdade.

Serão pérolas,

esse olhar de cristal,

um toque apaixonante,

meramente divinal.

Teus traços, eloquência dormência,

de uma textura, carenciada brancura,

de uma macieza,

leve pureza.

Peneiras o perfeito,

do meu deleito,

fazes descrever, um ser sonhado,

brilhas em mim,

num sol prateado.

Se da lua te fizesse,

se do manto de seda,

casulo houvesse,

luar desprovido,

amar contido.

Que as ilhas tombem,

que os faróis se acendam,

que a maré escoe,

e nos leve num aportar,

num comum estar,

num eterno amar.

 

Flipe

 

publicado por flipe às 09:52
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De miúda a 29 de Novembro de 2008 às 13:23
muito bonito, alias como sempre. a rapariga em que te inspiras deve ser mesmo muito especial, nunca a percas. ela revela o que de melhor ves no mundo.
um beijinho enorme neste dia tão chuvoso***
De flipe a 30 de Novembro de 2008 às 11:30
"A rapariga q m minspiro"... n sei bem kem é, será em certeza alg, k ainda n sei kem é... será realmente uma conjugação d alguns traços q vou colhendo d variados seres... será talvez td isso... N a perderia, n jamais, s soubesse em certeza, k é esta, k é akela, ou outra... n sei... O retrato k faço, talvez seja, em parte colhido num ser, noutros mais, mas é acima d td um desejo, de um sonho, desta espera k m faz cada dia mais diferenciar, isolar, afastar... Sou em partes manifesto, desta ausência, desta latência, desta carência... desta falta, ke m faz em momentos transbordar, cair mm, por num frio tão grande ser incapaz d encontrar um calor, suficientemente calor, q m faça aquecer.. obrigado pelo beijinho, tão enorme.. tão parte dum um sonho esperado... brigado, sempre... um beijinho bem, bem, quentinho, suave, delicado, carinhoso...
De rapazmisterio a 29 de Novembro de 2008 às 13:29
Eterno amar. Eterno sentir, Eterno bem-estar.
Já te disse não me custa voltar a diz~e-lo: as tuas palavras transpiram amor, as tuas palavras transpiram um sentimento que te vai sufocando nessa anseia, nessa procura, nesse sentido que procuras para a tua vida, que todos procuram.

Ela representa tudo de bom para nós, tudo que faz sentido na vida dos homens, na vida de cada ser humano. ela faz-nos ser mais homens, fazem com que a nossa vida masculina faça sentido em todo o seu esplendor em toda a sua magnitude mais lata, mais específica mais amorosa mais intima...
Abraço forte amigo.
De flipe a 30 de Novembro de 2008 às 11:23
Bom dia, meu AMIGO. sim, meu amigo... as tuas palavras, são tb reflexo d ti, poderia elogiar te, mas qq pessoa ao ler t, ao sentir te, verá isto k digo... k realmente és um ser de um amor enorme, dificil d encontrar... q aquela k amas, será verdadeiramente uma preveligiada, por poder tds os dias, ouvir te, acolher te, amar te... e um dia junto a ti, acordar tds os dias... É verdade o k dizes, realmente, espero, sim pela q darei o meu amor, só avançarei qd tiver total certeza, d k é ela.. sei k qd acontecer, n haverá duvidas, n haverá incertezas... n kero iludir ng, poderia ser talvez um ombro d mais pessoas, mas kero sê lo apenasm numa única, na total, na k m espera... n k m aguarda... eu sei... E realmente o amor, é tudo, pois é o k nos define, os k nos motiva, os k nos torna akilo k somos, vida p amar, vida p ser amada... É dificil ouvir palavras cm tu, tão ... grandiosas, tão igualmente imersas d amor... tão sinceras.. tão demostrativas, d sensibilidade q patenteias em cada traço teu... Ler te, é verdadeiramente colher sentimentos d verdadeira pureza, genuidade, raridade... acredita, se um dia duvidarem d ti, do kt és amor, manda os vir até mim, serei uma prova d qt a amas, d kt és amor... Muito Obrigado, AMigo... Um belo domingo, rechedao d mta paz.. ABraÇO grande
De Anónimo a 30 de Novembro de 2008 às 00:44
Olá... sabes hoje foi um dia especial pra mim... não que tenha acontecido nada de anormal, mas algo de raro... nevou na minha cidade...a neve fez-me olhar para o passado e esquecer coisas que apenas me magoaram... acordei com um manto branco a cobrir as estradas, as montanhas, os pinheiros, os telhados... e senti que tambem as minhas feridas, a minha dor, todo o meu sofrimento estavm escondidas debaixo daquele lençol... hoje estou simplesmente feliz, apenas porque estou... porque percebi que de nada servem as lágrimas em vão, que de nada serve estar triste... porque um dia tal como a neve, esse ser especial virá num derepente, sem avisar e sera esse manto, será essa protecção...essa felicidade... Senti necessidade de vir partilhar isto contigo, porque foi aqui que deixei as minhas tristes lágrimas, porque foi aqui que tu as acolheste e me deste força para levantar a cabeça... e porque este é o cantinho onde o amor flui com uma força incrivel, tão grandioso, tão genuino, tão espontaneo, tão natural, tao unico... que advem de um ser simplesmente lindo... esse ser que desajas amr eternamente virá brevemente...
Muitos beijinhos... e obrigado por estares aí...por estares aqui...um xi.coração apertadinho...
De flipe a 30 de Novembro de 2008 às 11:14
olá.. a fotografia q m mostras é asolutamente divinal, e os elogios q m deixas, fazem m por instantes, sorrir, sorrir indeterminadamente... krendo tanto retribuir, deixando te, dando te, semelhantes palavras, em dimensão de semelhante amor... O primeiro sentimento k m ocorre, é felicidade, por estares bem, por veres q dum momento p o outro esse manto de amor, de protecção, d abraço, pode vir.. depois, é realmente magnifico, td akilo k descrevs, qt kereria eu estar nessa pintura, talvez mm, num pekenina lareira, aconchegado num ser d amor... Continuamente, obrigado por tudo, por partilhares td isto cmg, por estares tão presente em mim, mm k nunca nos tenhamos visto... é tão bom ouvir as tuas palavra, idelealizá las, num sonho futuro, o de estar cm akela pessoa k espero... E se o meu amor, é td isso k descreves, e se eu, na minha humilde forma, conteudo, sonhos, sou td isso, q posso eu dizer d ti... k posso eu dizer desse amor k em ti brota indefinitivamente... tão meigo, tão sereno, tão krendo dar se, sente se tão fortemente esse amor nestas palavras q aki derramaste, mais.. sente se a nobreza de ti, dos teus actos, da tua visão, do teu ser... uma flor apenas... krendo ser, não num jardim, num numa gande floresta, mas num pekenino canteiro, apenas sendo cuidado por um ser, de total dedicação, de total compreensão... Obrigado por tudo, por tudo,.. aki, ao contrário dai, chove apenas, s bem k agora, alguns raios d sol, irradiam pela janela, talvez sejam, um reflexo d mim, ao ler te, ao sentir te... brigado por tb vires até mim... mts, mts beijinhos, e um abraço do tamanho do teu coração...

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....