Domingo, 24 de Agosto de 2008

Sinto frio...

Sinto frio…

a noite foi confusão,

o deitar, interrogação,

o acordar…

um querer chorar,

não por tristeza,

mas por não poder-te amar.

Se num só deslizar,

me fizesses tocar,

eu romperia,

numa incessante choraria.

Os olhos, vermelhos,

de um ofegar,

que quer explodir,

mas não tem,

a quem dar.

Levanto-me, sim, sempre,

confio, acredito, sim, sempre,

mas até o horizonte, que se faz aproximar,

envolve-me num indeciso rumar.

Sem algibeira a dar, o nada ganhar,

sem força de ser,

um sítio, que já vi sofrer,

faz-me questionar, e recear.

Mas eu peço-te,

se escutas, se és tu,

vem, eu preciso da tua mão,

do teu ombro, da tua paixão;

eu que sou liberdade,

inteira verdade,

mas também prisioneiro,

de um amor verdadeiro.

 

Filipe

 

publicado por flipe às 13:38
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De flipe a 24 de Agosto de 2008 às 21:26
Primeiro, sou obrigado a comentar esse tamnho elogio, que custa me até a envocá lo, serei esse ser dos k conheçes o mais bonito... eu sou apenas um ser, que provavelmente conheces bem demais, bem demais o meu senir, talvez por issso o axes o mais bonito, mas acredito que muitos, muitos, haverão mais bonitos que eu, em que eu nem sequer terei a grandeza de os perceber e interpretar. Mas equanto n surge, alguém ainda mais bonito, que te faças imergir, sorrir, sorri comigo, e navega nas minhas palavras, no meu humilde sentir... e voa comigo, em cada sonho meu, segura a minha mão, em cada força q deixo aqui para quem quiser tomar. E nunca, nunca t deixes zangar, qd assim estiver p acontecer, lembra te, d sorrir cmg, lembra te que eu disse que esse interior tão lindo n pode tar zangado, pk n podes ofuscar uma luz tão pura e sincera. E sim, olha nos céus, nas estrelas, e deixa refectir o teu iluminar, pois sei que és uma estrela, que um dia cadente te tornarás, e realizarás um sonho de um ser, que esperava por ti, p amar, e para ser. Deixa reflectir a estrela que és, para q o que esperas a possa ver...
E ........ obrigado, muito, muito obrigado, és realmente uma flor, tb um pekenina flor, mas de uma dimensão, de uma beleza, de uma maturidada, imensurável, imensamente bela.... beijinhos e obrigado, sempre obg...
boa noite e tudo de bom.
De Melody * a 24 de Agosto de 2008 às 21:33
Mais uma vez chorei com o que me disseste.
Flor, estrela? Como?...Talvez um dia brilhe como tu me dizes =')
Acredita que sorrio quando entro aqui, acredita qe estes simples poemas sao mais do que imaginas para mim... e sim para mim és o ser mais bonito que alguma vez encontrei, com quem nunca toquei ou abraçei, mas és certamente o mais bonito e puro =')
Eu sorrio contigo ='')
Beijinhos e obrigado por tudo que me fazes sentir

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 44 seguidores

relojes web gratis

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Simplesmente não consigo

. Sopro o agora

. Morrer

. Poderia partir

. Não consigo

. Cerca-me um medo

. Seguro-me

. Por entre linhas

. Lágrimas

. Não sentir

Hug
Photobucket