Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

cada lágrima, cada história

Hoje foram tantas as coisas que me magoaram............................andei em Lx, sozinho, caminhando, andando de um lado par outro.....por vezes sem destino..... Lisboa, aquela cidade que me acolheu, numa altura que eu não kria, mas por necessidade, fez-me crescer, viu-me mudar, viu-me sofrer..... Lisboa, que amo, que tenho saudades dela, pois em cada dia estava dentro dela, agora espero, anseio, por voltar novamente.....e até ao final, s puder.... o lx acolhe-me, xama-me, n m deixes mais deambular em saudades, em ausências......Lisboa, dá-me um catinho, e deixa-me fugir dd sofro, dd nada compreendo, dd já quase pouco m faz sentir bem...... Hj, tb fui ao cinema, sozinho, numa sala grande, apenas eu, um velhinho num catinho, outra velhinha noutro cantinho, e eu atrás sozinho.... o Filme, O banquete do AMor, ...como foi lindo aquela história, conclusão, quando duas pessoas s amam, mm, verdadeiramente, e se complementam, se entendem, se foram "feitas" uma p a outra nesta vida, serão felizes.....mas foi dificil, ver akela história tão linda, tão profunda, tão xeia de amor, e eu...........sozinho, era como o frio m penetrasse, e a cada lágrima, um arrepio, ..... saí entonteado, n sabia axo onde estava, olhava duma forma..... qtas figuras faço!!!! sabem o que lembro.... um caõzinho, cm akele olhar, pedindo carinho..... assim era eu...mas tive d m recompor, e depois de ir a casa de banho, lá me ergui novamente, tentanto, encarar..... a vinda, o regresso não tão desejado.... foi assim, agora é como se mil palavras, mil assuntos, mil sentimentos, me recalcassem, me impedissem de soltar um sorriso, me tornassem as lágrimas quase sólidas, n caem, pois são tantas, e tão profundas, que ........................ n sei k dizer... n kero xorar só p mim, vendo as lágrimas caírem na minha face, na minha frente.... doi mais ainda.... lágrimas, cada gota, saca gotinha, o que dirá, de que será, uma uma dor, outro um sofrimento, outro uma mágoa, outra um sentimento.... Cada lágrima, uma história, uma origem, uma fonte, um pincípio, uma causa sem efeito, o efeito de xorar. Vou terminar, uma noite muito boa p tdos´, feliz, é o desejo.... eu faço das minhas palavras, um final deste dia, agradeçendo por tudo ao DEus pai, pedindo perdão pelas minhas, pelas faltas de tdos....e tantas sou e faço, e penso até o k n kero, como sou imperfeito, fraco, inseguro, tantas vezes............... como n sou como gostaria d ser, puro, bondoso, em tdas as minhas faculdades......

filipe

publicado por flipe às 20:57
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De simplesmentedetalhes a 2 de Março de 2008 às 21:24
Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

Ricardo Reis, 14-2-1933

O AMOR é sublime, mas como tudo na vida tem erros e acertos, ganhos e perdas, mas é na subtileza e primazia que demonstra nos a sua universalidade e necessidade...
Na vida nada se perde, nada se cria, tudo se transforma, bem disse Lavoisier....
Beijinhos e obg pelo coment
De flipe a 2 de Março de 2008 às 22:02
Que dizer perante estas palavras de Ricardo Reis, que dizer perante as tuas....... Agradecer t, dizer t Mt Obg por partilhares tamanhas verdades, tamanhas maravilhas cmg... bg. bg mm. E é isso mm, inteiro, nas medidas certas, e em cada momento, o sejamos com todo o nosso ser, da melhor forma, com o melhor conteúdo, e assim, alto estaremos, e certamente brilharemos... E o amor, como dizes, sublime, mas no ser sublime, especial, único, universal, que somos amor, e como tal dele precisamos...

BG mm por td. beijinhos e exelente semana

Filipe

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 44 seguidores

relojes web gratis

.Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Quem sou… ?

. Escrevo...

. Talvez...

. Dói.

. Simplesmente não consigo

. Sopro o agora

. Morrer

. Poderia partir

. Não consigo

. Cerca-me um medo

Hug
Photobucket