Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

O dia acorda...

 

O dia acorda como adormeceu,

não estando, estás e estarás,

não sendo, és e serás.

A luz que te confessei,

o sonho que te levei,

são almofadas, que suavemente,

abro, e deixo nevar,

sobre o teu ser, o meu sonhar.

Tudo emboca, num cais pensamento,

em que te procuro,

e abro a mão,

e abrindo, traço as linhas,

já marcadas, da nossa junção.

Quero ser louco,

e na loucura me justificar,

quero não ser, para melhor saber,

que irei te amar;

não sendo, e sabendo ser,

sou um pêndulo, de um querer,

querendo, e sabendo que não querer,

é para mim “morrer”.

Ouvindo, e ouvindo-te, ouço-me,

quero cortar, as correntes do receio,

de me aproximar;

se eu não saberei despojar..?,

se eu serei conhecimento, desconhecimento amar...?

Sinto que o meu receio, é em ti,

ferida magoada, não curada,

mas apaguemos a vela que treme,

e acendemos a luz idealizada,

espera esperada, por mim, por ti,

encontrada.

Flipe

publicado por flipe às 10:25
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Sara* a 16 de Janeiro de 2009 às 16:42
Lindo, lindo, lindo. ^^
Bjinhos

Desculpa a ausencia. :$
De flipe a 17 de Janeiro de 2009 às 16:16
N precisas d pdir dspa, sei k estás e estarás sempre aki, só o teu nick, me dá vontade de voar ctg, e krer sonhar... E lindo, lindo, são essas pérolas, k tens em cada parte de ti, uma mais bela k a outra, são elas k t definem, e embelezam, k brilham, e te fazem ser, olha-as e vê as brilhar, sê o q cada uma é, e nelas serás o k és... e perguntas o k serâo? tudo o k são, menos o k de menos bom sou... Beijinhos e obrigado... sempre obrigado
De rapazmisterio a 16 de Janeiro de 2009 às 17:05
É verdade. Ausente tenho andado, ausente por aqui tenho ficado, mas como posso eu ficar calado? que se soltem as amarras, que se façam ouvir as vozes, as vozes deste povo que urge em ser ouvido, que urge em gritar, gritar de dor, gritar de amor, gritar de paixão, gritar de perdição. Façam se ouvir, soltem os medos, agarrem as certezas, e navegando or esse mar revolto, em busca de algo inalcançavel, sonhando algo insonhavel, o espelho de nos se vai construindo, como de um rebanho crescendo se tratasse, na mais perfeita comunhão, simplicidade, junção.
De flipe a 17 de Janeiro de 2009 às 16:12
Se é verdade a tua ausência, é verdade a tua sempre permanência, se é verdade o q deixas, verdade será q o q deixas, é incontornavelmente único, e belo, de um força, e vontade de mudar, de evoluir, de gritar a td kt move, a verdadeiro razão pelo qual nos movemos... Irracionais os medos, fracas as duvidas, tristezas parvas, q nda disto nos assombre, e q a lâmina, da verdade,seja por nós austentada, e k a "sakabatou" mm de fio virada, tome qts precisam, p k kts tomarmos, qts austentarão este espada, e serão eles, tb eles, n espinhos k penetram, mas algodão, k protege, k envolve, k compreende, k ama.. Amigo, obrigado... e k o dia td t traga, assim o desejes... AbraÇo
De Anónimo a 17 de Janeiro de 2009 às 00:55
Simplesmente lindo, maravilhoso único, autêntico especial... escreves tão bem, mas tão bem... que eu fico sem palavras... deixas que os teus sentimentos transbordem e deixas-nos simplesmente embriagados de tanto sentir de tanto amor, de tanto carinho, de tantos sonhos... ohh filipe... é tão bom poder vir aqui e esquecer que por momentos existe uma noite escura e fria lá fora que ás vezes teima em querer entrar cá para dentro... é tão bom sentir a paz envolver-nos e abraçar-nos.. aqui sorrio mesmo quando as lágrimas teimosas passeiam pela minha face, aqui o sol brilha quando lá fora as nuvens cinzentas o encobrem, aqui os sonhos são reais , quando na realidade não existem sonhos .. aqui o amor é verdadeiro e sincero e enorme como o teu coração...lá fora, lá fora não sei se há amor sequer... aqui as estrelas brilham, os pássaros cantam as flores florescem, e tudo se conjuga e é perfeito... lá fora tudo é monótono... tudo é escuro e sem vida...
bejinhos e obrigado por estares aí, por estares aqui, bom fimde semana e um xi-coração apertadinho...
De flipe a 17 de Janeiro de 2009 às 16:04
obrigado a ti, q n conheço, k n sei definir os traços do rosto, mas k sei a definição de cada traço do teu ser interior, do k és verdadeiramente, e nesses traços, amor, carinho, ternura, tudo isso, vive, em demasiadas porporções ao qt este mundo quer. e t dá... Além disto, tenho k dizer, como sinto, uma mágoa presente, uma desilusão, uma tristeza, de estar magoada... os sonhos existem, sim, sempre, e o amor, existe, sempre existirá, é o k somos... é ele k t define, e orienta, é ele, k faz sorrir em cada nascer do sol, é ele q t dá a mão e faz ter espernça, certeza no amanhã... E ele, sou eu, és tu, muitos mais, menos demais, k perfumam, na sua unica essência, o aroma amor... SEgura a minha mão, a outra coloca a no teu coração, qd aumentar, vira, qd estiver normal, continua, qd precer parar olha p trás, e vê se alg lá deixaste, se algo aí deixaste, q tanto, de ti, precisasse... Eu? estarei na outra mão, segurando te, aconchegando a, um dia, virá, e eu a darei, terei a certeza d k sonho k sonhas, chegou... d k nda falta... Deixa q td caia lá fora, segura, sustenta, o q assim conseguires, mas nunca. nunca, deixes de deixar de brilhar a luz q tens dentro d ti, e tudo qt de maravilhoso lá existe... Acredita, e sê... voando, amando.... beijinhos e obrigado, sáo sempre, demasiado grandiosos, os tantos elogios k m deixas, e o tanto k m tocam, e o mais... o mt mais...

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket