Sábado, 3 de Janeiro de 2009

Será loucura?...

Será loucura, este ostentar,

este querer embarcar,

e não mais aportar.

Quererei tanto ser, tanto sentir,

que de uma flor, faço jardins,

e de rios oceanos.

Não importa, a bandeira do navio,

nem o traje que o ornamenta,

nem o selo que leva,

o que embarcar, será de um estar,

de um dar, de um amar.

Não importa a almofada que me deite,

a dureza do pão, nem mesmo,

o azedo do senão,

eu serei uma vela que não derrete,

que não se apaga,

que não deixará de ser calor,

nem jamais, luz de amor.

Oh penetrantes espinhos, para mim,

sois moleza, pena franqueza,

que podeis vós tomar,

nem a vida, nem o amar,

então que razão de perdição,

será esta ilusão,

quando a natureza é paixão,

infinita duração.

Que a silva fique algodoeiro,

e o salgado, doce,

e se desfaça os laços da dor,

e se embainhe, para sempre,

a espada do amor. 

Flipe

 

publicado por flipe às 22:43
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Melody * a 3 de Janeiro de 2009 às 23:07
Sinceramente , eu acho que o teu nome devia ficar na historia dos poetas portugueses . Não estou a dizer isto para dar graxa , nem apenas para te fazer sentir melhor , ou algo assim .. apenas o digo , porque para mim , é das mais puras verdades . O teu nome , o que tu escreves , as tuas palavras , o teu sentimento , devia ser conhecido , sentido , por todos aqueles que amam ler , sentir , conhecer , e fluir . Livres .

Meu Deus , como amo o que tu escreves .
:')

Boa noite
De flipe a 4 de Janeiro de 2009 às 12:22
Sinceramente, agradeço imenso, mas... n posso deixar de dizer isto.... "na história dos poetas...", n será demais, já pensaste na dimensão, na escrita tão unica, tão perfeita, de tantos poetas, poderia dizer muitos nomes, a quem eu n tenho o direito de sequer de me comparar, por n conseguir alcançar a sua "aura", e enxergar o qt sentiam, e kriam mostrar, o kt a sua escrita, as palavras, eram elevadas, e imensas... Sinceramente agradeço te profundamente e sei o qt o q dizes é sincero, e verdadeiro, mas... eu sou apenas uma alg k de vez em vez, escreve, e mtas vezes sem saber cm, acredita... Mas apesar de tudo o k digo, agradeço imenso, cada elogio k m teces, kada palavra q deixas vir até mim, e me faz quase q transparecer, e sonhar... de uma forma intocável.... MAis uma vez imensamente obrigado, e dspa s algo digo k n deva, mas dizes me coisas tão grandiosas, tão transcendentes, q eu... pouco digo... Mas claro k adoro dar o q sinto, o "pouco" k escrevo, mas claro, k amo deixar alg mais feliz, k se houver uma pessoa apenas k goste do k escrevo, já valerá a pena escrever... E se escrevo, é pk desejo mt dar, akilo k permitiram ser e ter..... acredita... são palavras cm as tuas, e k apesar de achar q são demasiado elevadas, k m fazem sorrir, e acreditar... brigado maravilhosa "melodia".. Beijinhos e um bom domingo
De Anónimo a 3 de Janeiro de 2009 às 23:37
Pois, sabes começam a faltar as palavras para definir aquilo que sinto ao sentir cada palavra que deixas fluir neste teu cantinho... é amor...puro e simples..amor... um amor que voa e que se espalha e toca todos aqueles que têm a sorte de entrar e sentir o teu mundo... obrigado filipe... sabes, eu acho que já te disse isto, mas aqui, os sonhos parecem ganhar vida, parecem ser quase reais e possiveis de alcançar...
Será loucura? não será certamente... é um simples querer, um simples ser, um simples sonhar e amar... amar esse alguém que te espera também, algures olhando o luar... que esse momento chegue... em que os dois partilhem a beleza inconfundivel e maravilhosa do luar, das estrelas... que a dor não seja mais dor, e que a espada do amor triunfe sempre...
Muitos beijinhos e um abraço apertadinho.. e bom domigo...
De flipe a 4 de Janeiro de 2009 às 12:38
Se n sabes o q dizer m, e eu k te direi, k mais t direi, p agradecer t e dizer t tb o qt és tudo isso, k dizes eu ser... S eu sou amor, tu tb o serás, mt, mt, s eu sou esse simples sonhar, esse unico kerer estar, tenho a certeza q tu, amas tanto o amor cm eu, e é por ele k vives... E sonha, sim, aki, em tdo o sitio, sê um sempre sonhar, um sempre kerer amar... e se ao entrares aki td esse sonhar se despoleta, depois d saires n deixes d sonhar, mais... n são quase reais d alcançar, são sonhos, pk são possiveis d s realizar, pk se realização, os sonhos, servem, p termos a certeza d k o k esperamos s realizará... Já outrora se escreveu, se Homem sonhar, se Deus assim quiser, a obra nascerá... e se Deus é amor, qq obra de amor, nascerá... A vida, n morrerá, nós nos morreremos, o amor, n acabará... basta estas verdades, p k tdos os medos s esvoaçem, e se tornem sem sentido... E loucura, se for, kererei sempre ser louco, mas loucura, será d qts n utilizam a espada do amor... Acredito k tds keiramos ser trespassados pela espada do amor, pois p ele morreremos, nele nasceremos... Beijinhos, mts, mts, cm sempre... e um abraÇo de um dia k n acaba, k n termina, k eternamente permaneçe..
De SweetDreamer a 4 de Janeiro de 2009 às 14:05
Filipe...acho qe estou a trocar o amor pelo J. pelo amor aos teus poemas!!ahah...OMG...tu escreves tãooo bem!!!Este poema está tão profundo..Não sei se percebi bem a mensagem mas este poema pretende transimitir um sentimento industrutivel,forte...será isso qe qerias dizer com ele??
Mais uma vezidentifiquei.me com ele...Mas agora vou ter de destruir um sentimento que parece não querer acabar nunca...tem de ser...

Obrigado por tudo,quando puderes passa no meu...

Beijinhos,
Car'ine

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket