Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

Pingo de porcelana...

Pingo de porcelana,

que te quebras sorrindo,

que surges, não vindo.

Leveza de um estar, de um dia,

havido tocar, um livro aberto,

em que duma página lida,

em que duma capa sentida,

história conhecida,

meu desejo vida.

Fios tocando, ombros esperando,

se não fosse a neblina do certo,

do ter-me levado, e tu, teres-me chamado,

pingo de sol, não seria doirado,

mas simplesmente, simples prateado.

Nuvem que te afastas, horizonte que te formas,

açúcar derretendo, ritmo desprendendo,

velas se erguendo.

Tudo congemina, numa gramínea,

flor de Vénus, feitiço aromatizante,

bálsamo ressoante, ecoar,

de um reflexo dar, de um possante amar.

A folha não cai, voa, plana,

o dia não escurece, a noite não perece,

um não nascer, nem adormecer,

um permanecer, num sol nascimento,

eterno momento.

Cor estranha, antes dissentida, melodia mágica,

não ouvida, um recanto perdido,

não sentido, segredos de estares,

de veres olhares, de pinturas quadros,

de um vestir, e nunca mais despir.

Flipe

 

tags: , , , , ,
publicado por flipe às 16:01
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De SweetDreamer a 2 de Janeiro de 2009 às 19:17
Já pensaste em publicar um livro??

Tensn mesmo muito jeito para a poesia,adoro sinceramente os teus poemas e o teu blog...está mesmo lindo!!!

Continua a por posts destes porque acho qe todas as pessoas qe seguem o blog gostam!!

Beijinho,fica bem.
De Anónimo a 2 de Janeiro de 2009 às 21:46
Olá!!
Antes demais queria desejar-te um bom ano de 2009, que seja cheio de amor, paz e luz...e que todos os teus sonhos se realizem...
Não comentei o teu ultimo post, porque quando o li fiquei sem palavras, não consegui dizer-te nada... fico muito feliz por saber que sentes que o teu sonho, esse amor, está cada vez mais próximo... é simplesmonte lindo o que tu escreves... como defines tão bem o amor em palavras tão sentidas...tão vividas...tão únicas... que mais posso dizer? é maravilhoso poder sentir cada pedacinho das tuas palavras...poder senti-las poder acarinha-las...
muitos beijinhos e um xi-coração apertadinho...

De flipe a 3 de Janeiro de 2009 às 11:47
olá...
È nas tuas palavras q acordo, e q sorrio... obrigado por sempre deixares tanto d ti, vir e existir, e imergir até mim... Obrigado, tb t desejo um ano cm td, td d bom, imerso nesta triologia, e k dentro desta triologia exista um algo, tão preciso... o perdão, sincero e verdadeiro... n k isto seja dspa p errarmos, mas p perdoarmos, p k jamais deixemos existir ódio, rancor, escuridão, em nós, nos nossos corações.
E o amor, acho k por mais k o defina, será sempre uma definição mt imcompleta, muito insuficiente, será a mais dificil das definições, qd é este é tudo, e somos nós... e difeni lo, é explicar algo n explicável, é entrar em campos, q nos é desconhecido... é tocarmos na nossa existência e criação... MAs amor n tem d ser explicado, nem definido, exite mts k como eu tentam, mas amor, é p ser vivido, existido em cda um d nós... k d facto este ornamente cda nosso oscilar, cda nosso respirar, e seja em tudo parte do td k somos...
Obrigado pelo teu comentário, sempre obg... e retribuo, n num ter k retribuir, mas tb dizer t k é sempre um prazer, um sorrir, receber t, ouvir te, ler te, e sentir te... maravilhoso como dizes... E sim.. são realmente condimentadas, por um enorme amor, ternura, carinho, q facilmente s sente, s toca, e qts t lerem verão isto mm... Já reparaste, sem kerer escrevi Verão, calor, k seja sempre, nos nossos corações... beijinhos e mt, mt obrigado, sempre...
De SweetDreamer a 3 de Janeiro de 2009 às 19:04
Já qe tu foste ao meu blog responder ao meu comentário eu vim ao teu :)
Não tens de agradecer pelos meus elogios...para ti podem ser palavras qe saem com naturalidade,mas para mim significam mesmo muito....identifico.me com elas e elas ajudam.me a não me sentir só,tal como as tuas palavras de apoio nos comentários qe deixas no meu blog...Espero sinceramente qe sejas muito feliz tanto no amor,como nas outras coisas da vida...Sim,porque só uma pessoa com um coração do tamanho do mundo escreve como tu..é preciso sentir com profundidade e ter uma alma muito aberta pra se escrever como tu,por isso dar.te os parabéns e agradecer.te por tudo nunca é demais.

Beijinhos Filipe e vai publicando,gosto dos teus posts!!:)
De flipe a 3 de Janeiro de 2009 às 22:35
olá.. obrigado por vires até aqui, e q palavras hei d eu dizer, perante tão imensos, e renovados elogios... Obrigado, e as palavras q escoam d mim, mtas vezes n sei dd vem, cm vem, apenas vem... talvez por isto, s possa dizer q saem cm naturalidade... mas são apenas eu, nas minhas fraquezas, nakilo k ainda n sou, e kero ser... E obrigado, tb o desejo mt p ti, k sejas feliz, q encontres um ser q t ame, e tu ames, num elo perfeito e eterno... e td o resto surgirá, com acréscimo da razão da nossa existência... E se eu escrevo, k hei d dizer d ti... o k dizes, o k deixas dizer, revela tb o qt sentes, o quão nobre e sensivel é o teu sentir... E de nda, nem nunca precisas d agradecer, eu sou apenas um alg, k como tu, ker caminhar da melhor forma... no melhor dos crescimentos e evoluções...
Beijinhos e obrigado, imensamente obrigado
De marazul a 3 de Janeiro de 2009 às 21:22
Mais um lindo post Filipe... as palavras são sempre poucas para descrever os teus poemas, as sensações que eles transmitem... qdo estou mais triste viro-me para a poesia, porque simplesmente me apetece ficar em silêncio e os poemas falam por si... tu pareces ser uma excelente pessoa, daquelas que é raro encontrar com uma sensibilidade extrema. O teu blogue para mim é um abrigo, onde irradia o amor e a bondade que tanto deixas transparecer. Acredito que um dia vais encontrar tudo aquilo que esperas, um amor verdadeiro que te valorize." Love is like the wind. You cannot see it but you can always feel it". um grande beijinho
De flipe a 3 de Janeiro de 2009 às 22:42
Sim, mil vezes sim, o amor, é como o vento, existe e existirá, invisivel é impossivel n ver, e é, e será, sempre a razão d sermos, d kremos melhor ser, melhor amar. E a nossa poesia... poderia ser prosa, qq coisa, o q interessa, é k seja o k somos, é k emita a nossa frequência, o nsso ritmo, o qt desejamos e kremos ser por este amor, e o qt desejamos k tds assim o sejam.. E serei uma exelente pessoa? n sei, skero ser? sim, sempre... cada vez mais... se o sou sempre? axo k n, conseuquência das mtas fraquezas q m envolvem... Bondade, sim, sempre, q consigo ser sempre, kero sim, mt...E muitissimo obg, por partilhares cmg, tamanha maravilha, essa q existe em ti... Beijinhos e obrigado do fundo do coração.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket