Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Se o vento não fosse...

 

Se o vento não fosse,

se o amargo fosse doce,

se teus olhos me pregassem,

e os meus te olhassem,

se a certeza trouxesse,

a exactidão de seres paixão,

a emoção, de seres chave do meu coração,

três instantes voltariam,

sucederiam,

o te aspergir, de sol de cor,

de luz de amor,

de um sempre estado,

amado,

protegido,

sempre,

sempre,

vivido.

Três sóis,

uma lua,

um verão, se contigo ficasse,

e o passado, não chegasse,

e o futuro, parasse,

apenas um todo,

de um malmequer,

de um sempre bem me quer,

de um eterno documento,

atestado,

do nosso,

sempre amado,

estado.

 

Flipe

 

publicado por flipe às 09:54
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De miúda a 21 de Novembro de 2008 às 21:20
"se" uma palavra condicionante demais, implica uma possibilidade de algo que pode ser e não é. gostei do teu poema. hoje não sei que dizer, apenas me apeteceu falar contigo, dar te palavras, sem motivo aparente, apenas porque senti vontade disso...
um beijinho enorme***
De taniam_heidi a 21 de Novembro de 2008 às 21:38
Boa noite, Adorei!!
Tenho mt frio,
O sol + mts quetinhos,
K bem estar...
Tu és grande amor!
Mts jnhs fofinhos e doces.
De Pedro Tortuga a 22 de Novembro de 2008 às 05:12
Se o fosses, como triste és, te-lo-ias escrito?
Se existem certezas, não, acredito. Mas fala-se "se" e se o "se" se esquece e o amargo torna-se doce - como um vento violeta que nos perfuma a boca à força do que o asperge de cá de dentro, então o "se" é de certeza de sentir e de segredos, plurais: dois o sabem e ele une, como o fértil amarelo as pontas d'um malmequer.
De flipe a 22 de Novembro de 2008 às 15:21
se o fosse, o se não existiria, se o fosse, malmequer não veria, apenas um certeza, sempre certeza, de um estado de calmia, desconhecido vento, desconhecido alento.. Assim, um se, de uma certeza, de um sempre jardim, num acolher de uma flor, de um sempre estado, de um sempre amor... Assim, dois ventos, sentidos opostos, um doce esperado, um olhar sonhado, um toque idealizado, e de duas direcções, haverá uma, de uma certeza, de um se, experimentado, sofrido, agora temido... apenas isso.. Obrigado pelo seu comentário, e por palavras tão belas, tão bem articulados, que cheias de sentimento, de musica, que deixou neste pequeno espaço, para quem as quizer colher... ABraÇo.
De Pedro Tortuga a 23 de Novembro de 2008 às 21:39
Colham-nas, levem-nas e devolvam-nas: nutridas por outras vidas...palpitantes algures.
Assim serei mais. Parte de quem aceitou ser parte de mim.

:)
De Princesa a 24 de Novembro de 2008 às 15:43
"Se"... Um termo que faz sonhar, imaginar, criar quem vive um tanto submerso num mundo hipotético, mergulhado em dúvidas, em incertezas... Um mundo assim pode causar um grande sofrimento a cada ente, todavia, não será este a melhor arma para a realidade, para combater o próprio sofrimento, desilusão...

Bjs*
De flipe a 26 de Novembro de 2008 às 18:53
devifinitivamente não... n podemos pensar no se... o que passa, passa, foi, acontceu... há q retirar do se, uma parendizagem, algo ... mais... mas ... o caminho q trilhamos existe sempre muitos ses, e n vale pena, numa escolha, pensar q haveria um se, pois foi escolhido um... acredito q tomamos o caminho certo, pois existe quem nos guie, e como tal, o se certo, será tomado... mm, q n seja akele k apriori nos faria mais feliz... Agora, pensar num se, constantemente, n pode ser... mas claro q por vezes penso e se... mas td passa, o dia avança, e o futuro é já aí.. e aí um se de um outrora, pode ser um é de agora... beijinhos e obrigado

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket