Terça-feira, 14 de Outubro de 2008

Acordo... e sonho...

 

Acordo...

na lua adormecida,

e olhando-a,

contemplo, um sinal,

da esperada chegada,

da esperada amada.

O mar que se pinta,

a ponte que me levou,

o sonho que estuou,

no desejo de uma travessia,

no teu acolher,

abraçado, ao teu ser.

Barcos navegando,

por entre o rio, cruzando,

namorados, enamorados,

se beijando,

e eu ali, olhando o paraíso,

sem contigo estar,

sem te amar.

Mas os dias vão e vêm,

e o dia de um vir, virá,

e o dia nosso, chegará,

então, será o nosso dia,

em que tudo será magia;

puro amor,

eterno,

louvor.

 

flipe

publicado por flipe às 08:31
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De miúda a 14 de Outubro de 2008 às 23:29
nada é certo mas falas de uma forma que me toca pela esperança que pões como se tudo fosse certo. admiro-te pela capacidade que tens de entrelaçar tão habilmente realidade e a fantasia em algo que crês e misturas a teu gosto criando uma harmonia que me acalma. gostava de ter um pouco dessa certeza e dessa capacidade de tocar tão docemente cada pedacinho de alma que nos torna gente. esta noite sou eu quem olha a lua vendo-a resplanecente iluminando a noite dos loucos que como eu veem para o frio so para serem banhados com um pouco do seu brilho e da sua magestosidade de dona e rainha dos ceus ofuscando até as mais brilhantes estrelas..
filipe... apenas...um beijo de mim para ti*
miúda
De flipe a 15 de Outubro de 2008 às 18:53
obrigado "miuda", apenas acredito, d alguma forma sei, no amor, acredito, sempre, e é nele q sou, e q m faço... e é nele q kero caminhar, sempre... a esperança, é algo bonito, q retrata, um possibilidade de algo... eu prefiro a certeza, de uma exstência, q ainda n tive a possibilidade de tocar, de sentir... penso eu... Embora navegando no sonho, e no perguntar cm és, sei o, é isto q basta m, para facilmente te acolher, e acolher percebendo aquilo q dizes, q sentes... e no fundo o teu sonho, e mm tu em instantes duvidandos, é o meu sonho... E a lua, tão linda, tão mágica, tão misteriosa, parece chamar nos a pertencer a algo, á sua luz, á sua acalmia, á sua tranquilidade... pois ela sempre luz, sempre ali está... e mesmo ofuscada, ilumina... obrigado, sou sempre poucas as palavras, na expressão, na dimensão, no significado, para tudo o q t kero dizer... um beijinho "lunar"...reflectindo na lua e indo até ti---
De Princesa a 14 de Outubro de 2008 às 23:49
Lindo poema!

Adicionei-te, espero que não te importes...

Bjs
De flipe a 15 de Outubro de 2008 às 18:43
obrigado Princesa. obrigado. E claro que n me imporrto q m adiciones, vou fazer o mm, se n te importares... E obrigado por vires até a este cantinho, faz dele, teu, e sempre q quiseres...
beijinhos e obrigado....

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket