Domingo, 5 de Outubro de 2008

Quando...?

Cessou,

o dia acabou,

a noite,

brotou,

e agora…

fico aqui, ficando,

esperando,

sonhando,

no dia,

do nosso ver,

do nosso renascer.

Corro para dormir,

pois lá,

poderei já,

te descobrir..

poderei já,

segurar-te no meu regaço.

agasalhar-te,

no meu abraço..

Fico aqui, assim,

entrevendo ápices,

do nosso viver,

este que sei,

que um dia,

vai acontecer.

São palavras simples,

estas que deixo escorrer,

é somente amor,

aguardando,

pelo teu receber.

Quando se abrirá,

o nosso livro, e a nossa história,

começará…

Quando poderemos,

em cada dia,

recolhermo-nos,

em cada hora,

abrigarmo-nos,

em cada segundo,

amarmo-nos…

Quando poderemos,

não apenas ser,

mas juntos,

um para o outro,

viver.

Quando…?

 

flipe

 

publicado por flipe às 22:19
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Sara* a 5 de Outubro de 2008 às 23:06
Mais k lindo...ta perfeito...*.*
Continua...=)
bjx
De flipe a 6 de Outubro de 2008 às 22:07
obrigado Sonhadora... mas perfeito...? lindo aceito, agora perfeito...é demais, p tão simples palavras...agora... o amor sim, é perfeito... obrigado, mm, obg...
flipe
beijinhos
De miúda a 5 de Outubro de 2008 às 23:46
o "quando" é um termo indefinido demais para mim. sou uma pessoa impaciente e impulsiva mas capaz de esperar toda uma vida por algo que sei k pode não vir se for necessário. sou uma perfeita antitese.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

o "quando" é um termo indefinido demais para mim. sou uma pessoa impaciente e impulsiva mas capaz de esperar toda uma vida por algo que sei k pode não vir se for necessário. sou uma perfeita antitese. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>bg</A> por aceitares completar e metade de um coraçao k nem conheces, revela mais de ti do k possas imaginar. tenho esperanças de um dia me cruzar ctg , a vida dá tantas voltas k pode ser k em tanta pessoa errada com que me desencontro diariamente alguma valha mesmo a pena conhecer, quanto mais não seja para poder ouvir um poemas destes da tua voz. <BR>um beijo enorme de obrigado
De flipe a 6 de Outubro de 2008 às 22:22
eu axo k sou o contrário, paciente, e nada impulsivo... e o quando... é p mim, uma certeza, d um alg q existe, e q virá... n é um termo indefinido, mas um termo certo, num tempo desconhecido... E se és uma antítese... penso, q no teu interior, serás um hipérbole, por tamanho amor... E de nda precisas d agradecer, por querer ser aqueke q aguardas, q esperas, cm t disse, se fosses aquela q espero, se agora nos cruzássemos e tudo florescesce, eu te daria o meu coração, e sei q só tu trarias as chaves p o abrir... nisto, eu seria um sim, apenas p ti... um sim, d amor, d amo te... hj e "sempre"... Agora cruzarmo nos... talvez um dia, talvez mm sem sabermos q tudo isto já dissemos... talvez mm já nos tenhamos visto... nda sei, apenas q sentes, e eu entendo, apenas q dizes sim, e eu faço m reflexo desse sim, q é o meu sim... A minha voz, os meus poemas, seriam transformados, em gestos d carinho, d ternura, d afecto, d compreensaão... e qd assim precisasses, surgiriam as palavars, os poemas... a palavra certa, no momento certo... beijinhos e obrigado, sempre.........
De miúda a 6 de Outubro de 2008 às 23:16
onde tens estado? ou melhor tu és real? feliz a pessoa k tornar reais os teus sonhos, feliz a pessoa k puder ter tamanho amor todas as manhãs ao acordar e todas as noites ao deitar, poder te ter ali qual anjo silencioso segredando e transbordando de sentimento. eu espero poder ser amada dessa forma e poder retribuir de coração aberto cada sentimento, cada beijo, cada abraço, cada palavra ou até cada silêncio pelo menos uma vez na minha vida.
eu somente busco o mundo, sempre, procurando alcançar a magia que declamas sem pudor ou queixume, como se tu msmo fosses a essencia daquilo que acreditas e defendes, porque eu nada sou além duma desconhecida que ofereceu de bom grado o coração em troca de palavras que me preenchem a alma e me fazem acreditar k é possivel quando k sinto afundar na minha solidão.
um beijo enorme* *
De flipe a 7 de Outubro de 2008 às 22:32
onde tenho estado? ás vezes nem eu sei, caminho, tantas vezes imcompreendido, tantas vezes onde nda m diz, e real.. s sou? sim sou, embora sentindo ás vezes, um n sentido, d aqui estar, d aqui ter d caminhar, no entanto, olha p mim, p qtas fraquezas tenho, imperfeições, e assim, sei, q tenho d tomar, esta água, tantas vezes azeda, q m dilaçara, e me leva a cair... n a tombar... mas a caminhar tantas vezes no silêmcio, no beco onde ng quer passar... mas sei q esse ser existe, e aquilo q falas, acontecerá, p mim, p ti... assim, nunca duvidemos d amor, d q ele é bussula no nosso caminho, no nosso existir... Eu clamo amor, julgo q sou amor, e sei q tu tb o és, aliás, acredito q tdos o somos, no entanto, haverá amor, em diferentes quantidades, haverá amor, em diferentes estados acordados, haverá quem o busque, quem o n sinta, quem o esqueça, quem n o queira, mm querendo.... eu sinto.o, quero, e é p ele q quero viver.... pois sei q ´só com ele, damos fundamento ao q somos, ao q devemos ser... ao q devemos crescer... Solidão? palavra triste, mas de esperança, pois solidão, pode ser sentir se só, mas poder ser, solidão, por n conseguir amar, por querer amar, e n haver, quem o queira receber... falo deste amor, especial, mas podemos amar tdos, cada dia, cada insatnte...nisto, a ponte entre a solidão, a esta chegada, é um instante, e como tal, basta sermos, e esperarmos, com a flor no peito, e as pétalas tocando "vem e te quero" (bemmequer)... beijinhos e obrigado, por mostrares o teu espelho, e por assim poder ver me ao espelho, mas n m vendo só, vendo m acompanhado, ctg...
De caminhante a 6 de Outubro de 2008 às 11:00
poxa, nem sei que dizer!
vocês são muito lindos :)
beijos gordos nos dois e felicidades!
De flipe a 6 de Outubro de 2008 às 22:24
eu é q n sei o q dizer... desejas m felicidades p "nós", qt gostaria q fsse verdade, um dia, certamente... até lá... espero... aguardo... Mas obrigado, vale nas mesma, p nós. p ti tb, p tdos... q tds saibamos amar, e encontrar, o ser, q tdos deveriamos esperar... beijinhos e obrigado
De Anónimo a 6 de Outubro de 2008 às 18:59
Quando?? tambem faço muitas vezes essa pergunta... tambem procuro muitas vezes a resposta para ela... mas tudo é em vão... permaneço constantemente num mar de incertezas... e a pergunta permaneçe infindavelmente no meu coração... Quando??? sinto que neste mundo há um ser que se irá cruzar no caminho da minha vida para me pertencer e para juntos caminharmos unidos pela força do amor. quando se revelará esse alguem... que tanto espero, que tanto esperas...não sei. sei o que sentes... por vezes torna-se dolorosa esta espera que parece não ter um fim á vista... mas quem espera sempre alcança e, se calhar ainda não encontramos esse alguem, porque estamos de alguma forma a construir essa estrada que nos levará a esse ser tão desejado... a estrada do amor... quero acreditar... e preciso de acreditar, que alguem me espera no fim desta estrada que estou a construir... que alguem tambem me deseja, e que já me ama sem saber quem sou... assim como tu tambem terás certamente alguem que está a construir uma estrada até ti, até ao teu maravilhoso mundo... espero que essa construçao solitária acabe depressa e que rapidamente se encontrem para juntos realizardes a mais linda obra: a do vosso amor... não tens que pedir desculpa por nada, como ja te disse, vir até aqui, é sinonimo de entrar nun local replecto de amor, de paz de tranquilidade... esqueço por momentos a realidade que me circunda e deixo-me envolver unicamente por este Amor, que tão bem proclamas, que tão bem defines, que tão bem sentes... desculpa eu, vir deixar os meus desabafos no teu cantinho, mas para mim, é muito importante fazê-lo... desculpa... e obrigado, por me dares motivos para sonhar e para continuar a acreditar que o Amor não é impossivel... certamente terás a chave que abrirá um coração cheio de amor para dar, e certamente tambem alguem terá a chave para abrir o teu....beijinhos e boa semana....
De flipe a 6 de Outubro de 2008 às 22:37
Não duvides nunca, d q realmente um ser t espera, assim como tu o esperas... n duvides nunca d amor... de q ele é o elo mais forte, mais puro, mais perfeito, q nos une... e certamente q qd os caminhos s cruzarem, aí, acontecrá, aí, n mais haverá dois caminhos, dos caminhos d espera, d solidão, mas apenas um, de uma imensa paixão, de um iemnso amor... Obrigado, sabes q tb s pudesse desviar o caminho d quem te espera até ti, faria o, já agora, já neste momento, p q já nesta noite pudesses, sentir o seu abraço, o seu amor... o seu calor.... E de nda precias d pedir dspa, podes sempre desabafar, td, o q quiseres, eu aqui estarei, n digo p sempre, mas até um dia, talvez mm o tal dia, em q mais n posso dizer, q espero, q aguardo, mas q chegou, q existe, q veio... e o amor q deposito aqui terá d ser, difundido, em direcção a essa pessoa. E n precisas d agradecer, o amor, é "td" o somos, o q seria d nós sem o amor, ele existe, em tdos os lados, os tds os momentos, o amor q esperamos igualmente existe... virá apenas qd tiver d surgir... n vale a pena desesperarmos, n vale a pena deixarmos d confiar, d acreditar, pois o amor, esse amor, virá... quem sabe s n já amanhã... quem sabe s brevemente, n virás aqui dizer, q encontraste, q chegou quem esperavas... desejo mt q assim aconteça, q assim tu e o alg, s cruzam, e possam dar e receber, esse infindo amor q têm... Obrigado por tudo, sabes... ? é dificil, n m envolver nas tuas palavras, pois são em parte, td aquilo q penso, q acredito... q sou... sinto, e sei, q realmente existe um amor enorme, dd flui estas palavras q vêm até mim, imersas deste mm amor.. obg, por permitires q o sinta, q olhando p ti, tb acredite ainda mais... beijinhos e boa semana, tb...
Flipe
De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 17:40
Obrigado eu por tudo, por cada palavra que sinto vinda de ti, desse interior lindo... acredita, não estas´perto de mim para me segurar as lágrimas, mas as tuas palavras têm assumido esse papel e são elas que as acolhem com uma ternura inexplicável... olho há minha volta e descubro que vivo num mundo que muitas vezes não entendo... parece que o Amor já não interessa... da-me a sensação, que hoje em dia as pessoas " sentem" com o cerebro, em vez de sentirem realmente com o coração... a razão, a vontade propria dao lugar aos sentimentos... e eu não entendo isto.... talvez seja eu que esteja engannada, mas creio que não... é o coração que escolhe quem ama, não somos nós... verdade??? a nossa parte racional, saberia de certeza escolher alguem que não nos magoasse tanto, melhor, escolheria alguem que não nos magoasse, mas as coisas não são assim... e não consigo compreender como é que há seres humanos que dizem que podem escolher por quem se apaixonar e escolher por quem não se apaixonar... isto não é Amor... pois não??? isto são vontades, são quereres, são caprichos...e o que é o Amor afinal??? é com estas perguntas que construo a minha estrada diariamente... desculpa vir desabafar aqui... desculpa vir perguntar-te a ti...mas tu és axo k a unica pessoa que "conheço", que sabe falar de amor, que sabe sentir o amor, que vive pelo amor e com amor... beijinhos e obrigado por tudo...
De flipe a 7 de Outubro de 2008 às 22:17
è verdade aquilo que dizes, realmente muitos fazem hj do amor, n amor, mas uma escolha, mais ou menos racional... e nesta escolha, entra factores, como posição, ocupação, dinheiro, etc... tudo coisas q pouco ou nda interessam, td coisas, q são meros "upgrates", muitos deles, até importantes, no q concerne, á nossa inteletualidade, mas muitos deles, puramente materiais, q NDA valem... apenas p usarmos, ou melhor, p conseguirmos viver neste mundo... Perguntas me o q é amor...amor é tudo, é a nossa essência, seguir o amor, n é sguir, a razão, mas sim o cração, amar, é dar tudo, sem um senão, como o meu corpo, fosse o teu, e o teu o meu, seremos então almas unidas, num caminho comum, num corpo uno... amor, é estar cm alguém, amando apenas, pois qd s ama, ama-se... simplesmente ama se... cm tudo... não com o corpo, não com instantes diários, mas ama-se num ligação, indestrutivel, em tdos os segundos d dia, pensando -se, falando se, tocando se, abraçando se, compreendo se, em tudo, em tudo sendo... mas mesmo q em momentos, haja outras preocupações, outras concentrações, o corçaão baterá por quem ama, pois esse, jamais desvia o bater d quem ama, d quem trás o ritmo da sua frequência... do seu viver... E n precisas pedir dspa por desabafar, acredito, ouvindo te, vejo as marcas do meu caminho, tanto q n compreendo, q n entendo, q n quero sequer tocar, viver, assim, sou um alg, q pouco s dá a este mundo, q tanto q ignoro, q m afasto, caminho, tantas vezes imcompreendido, mas tendo na verdade, o alimento amor, e é p esse q vivo, q existo, p amar, p viver amando, p ser luz, áqueles q n a vêm, mas digo te, nda sou mais q ng, sou apenas o q o Pai d tdos nós permitiu m ser... Se o amor, triunfurá, sempre... e mm, q tantos dias, sejamos feridos neste campo, ao qual n pertencemos, sabemos a essência, a tomar, e por conseguinte, ela virá,... e nos fará poder ser, o q somos, mas n sós,com um alg.. N fikes triste por eu dizer isto, sê o q és, sê amor, sê luz, sê sempre bondade... verás q o q semeares, colherás... beijinhos e obrigado...
De Andreia Rodrigues a 8 de Outubro de 2008 às 00:01
O dia há-de chegar
e a história de amor irá começar
e essa paixão de tanto amar
irá finalmente se poder saciar
o que é preciso é saber esperar

mais uma vez um belissimo texto
gostei do ritmo do poema

beijinho
De flipe a 8 de Outubro de 2008 às 22:06
é verdade, o dia há de chegar, o amor, há de amar, e tudo irá começar..... o sonho, será realidade, a esperança, certeza, e o amanhã, será hoje... obrigado... e obrigado por vires até aqui, visitar me e deixar me tão belos elogios, tão belo poema, obrigado ANdreia... beijinhos e q esta semana, q tds as semanas, sejam p ti amor, luz e paz... flipe

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket