Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Oh meu amor...

Oh meu amor,

não sintas tão fortemente,

não batas tão profundamente,

aconchega-te, faz-te sossegar,

não me faças derramar,

nesta noite de tão harmonioso estar.

Mas, a quem me faço enganar…?

Tu, meu amor, necessitas tanto de amar,

e eu, de te dar;

pareço desacordado, desarticulado,

tudo deslumbra, tudo penumbra,

tudo faz sensibilizar;

um abraço, não é um abraço,

é um sonhar, um desejar,

um querer tanto, tanto estar.

Os lençóis, não sou meros aconchegos,

são no seu passar, um sentido tocar,

que em instantes me faz recordar,

que tu não estás,

e que desconheço o teu chegar.

Acredito, que tal como eu,

tanto precisas de me ver,

de me ter, de em mim debruçar,

e toda a dor deixar;

eu sei, minha amada, que dói,

em cada alvorada,

que faz sofrer, em cada anoitecer,

acredita que eu sei,

o quanto precisas de comigo estar,

e teus segredos deixar;

mas espera, e acredita,

eu te prometo,

um dia estaremos,

e juntos seremos.

 

 

publicado por flipe às 23:13
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Melody * a 25 de Agosto de 2008 às 23:56
As Lagrimas nao param de cair.
Disseste por palavras tudo aquilo que não consigo explicar.
Mais uma vez precisava de chorar de deitar tudo cá para fora e tu ajudaste-me, mais uma vez, ajudaste-me, mais uma vez elevaste-me, mais uma vez deixaste ser o meu ser verdadeiro, deixaste transparecer aquilo que sinto, aquilo que preciso em mim.
Meu Deus, não consigo parar de chorar, está tão lindo...Tão lindo Filipe, tão lindo

As vezes precisamos de um abraço para a dor fugir, precisamos de uma mão para sorrir.
Precisamos que o amor se mostre e se dê tal e qual nós nos damos todos os dias. Tal e qual tentamos sorrir todos os dias...tal e qual sentimos todos os dias.

Só queremos encontrar, o chegar.
As lagrimas ainda não pararam e sinceramente não sei o que possa dizer mais para mostrar o quanto este poema me tocou, o quanto tocou fundo no meu coraçao e fez uma vibraçao espalhar-se pelo meu corpo e fazer as lagrimas presas, soltarem-se.
So te digo isto: Obrigado por tudo, já fizeste muito por mim =''')

Beijinhos e Boa noite
De flipe a 26 de Agosto de 2008 às 21:51
Que fiz eu por ti ...? apenas senti, e escrevi, e sei, que te compreendi. Faço te xorar tantas vezes, e mesmo sabendo que te ajuda a libertar, a acalmar, nunca lágrima fiz apanhar... Que seria o meu poema, se não tivesse comentários como os teus, seria como sentir, no vazio... sem ninguém dizer sim, ou n.. És tu que me fazes correr para aki, e krer sorrir, por sentir que alguém no outro lado diz me sim, qd tantas vzes é tão dificil ouvir um sim na realidade. Mas, as estrelas, tornam-se cadentes, realizam desejos, o passarinho, cresce, e voa, e assim também sei que um dia, eu voarei, e tu voarás, quem sabe se nos cruzaremos nos céus... Obrigado, mil vezes mil obrigado, por cada letrinha que fazes tecer aqui, por tudo o que és, e que me permites senti-lo... beijinhos e boa noite
De Anónimo a 26 de Agosto de 2008 às 00:23
Não sei que te dizer... apetece-me chorar somente... não te quero magoar... desculpa...
De Anónimo a 26 de Agosto de 2008 às 19:00
Olá!
Obrigado por cada palavra que deixas-te no meu cantinho, tantos elogios para a minha pequenez, não merecia… obrigado por queres estar lá para de alguma maneira estares perto de mim… não tens de pedir desculpa por nada, cada lágrima derramada por mim é um pedaço de mágoa que se vai libertando… e sinto que preciso de libertar toda a mágoa que ainda persiste no meu interior para encontrar o caminho que me levará certamente a esse amor que tanto procuro. Obrigado por perceberes tão bem o que querem dizer as minhas palavras significam… aquele ser que tantas vezes desenhei ao lado do meu olhar, ao lado do meu mundo, nunca quis ocupar o lugar que eu tão prontamente me predispunha a entregar-lho… foi e acho que ainda é apenas um sonho, um quadro que nunca será pintado… pintarei outro certamente quero acreditar que sim, um outro mais bonito, mais feliz, mais real… E depois esse amor que todos nós podemos contemplar infinitamente na praia… inseparáveis, eternos apaixonados, cúmplices… tudo aquilo que se pede para uma relação, eles tem-no sem ter que o pedir…
Mais uma vez te digo que não sou especial, nem maravilhosa muito menos bela… sou apenas uma simples flor… um pequeno pássaro que ainda procura a sua liberdade…
Sim procurar-te-ei sempre que precisar de me libertar, sempre que precisar de gritar, mas também sempre que a vida me sorrir… e espero que faças o mesmo… estarei sempre aqui…
Obrigado por tudo…beijinhos
De flipe a 26 de Agosto de 2008 às 22:08
ola.. De nada, nada mesmo tens que agradecer, e mereces sim, todos os elogios que lá deixei, não são mais que verdades, poderás não ter consciência delas, mas acredita és tudo aquilo que eu disse. E sim, peço te desculpa se algum momento deixei imergir algo que te magoou, tb eu erro, demais, e as duas palavras que digo mais, são obrigado e desculpa, obrigado pois tenho sempre a noção que nunca agradeço o suficiente, qd eu nada faço, depois desculpa, poruqe tenho imenso receio de magoar as pessoas... isto é um pouco um reflexo da imcompreensão k sinto no real, e k m faz entrever com as pesssoas de forma cuidada e repensada.
E liberdade, já dves ter reparado, mas é algo k luto no dia a dia p ser, k desejo a tds, capacidade de nos libertarmos d tudo qt nos condicione a sermos o k smos, o k devemos ser, e a viver a verdade, sendo esta de cunho espiritual, em que o amor, a paz, a luz, são vértices na nossa caminhada, neste triângulo veículo. E és sim, uma flor, de um sentir muito especial, inteiramente belo, que apenas tem permanecido com as suas pétalas fechadas, esperando o sol, p as abrir, e eu sei, k este sol, está a vir, no fundo prepara te para suavemente ires abrindo essas pétalas, para o esperado chegar, o esperado amar...
Muito Obrigado, mm, e beijinhos... boa noite

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket