Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

Faço-me...

Faço-me responder,

dar e ser, e de cada flor,

faço um jardim,

um delicado cetim.

Sou jardineiro, de muitas rosas,

tulipas, orquídeas,

tantas que nem sei definir,

nem sentir, o bálsamo do seu existir.

Deste envolto de magia,

onde tudo se faz em melodia,

num puro sentimento,

de uma vida momento;

surgiu, lá num cantinho uma flor,

que vi, que senti, que levemente cuidei,

e que não mais deixei.

Esta flor, de pétalas delicadas,

tão únicas, tão túnicas, de uma transparência,

pura inocência, de um amor, perfeito odor,

de um sentir dorido, mas tão sentido,  

esta flor, que me fez oscilar,

num só estar, num só querer cuidar.

Agora, perde-se a razão, a noção,

e de um afunilamento dissentido,

divergido,

emerge um redizer, um desdizer,

em que nada quer ser,

apenas um único responder,

num único mover.

 

Filipe

 

publicado por flipe às 16:18
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 22 de Agosto de 2008 às 18:32
É admirável a forma como tu tratas as tuas flores… como as acarinhas, como as envolves, como as aconchegas e confortas com as tuas palavras. Sabes que todas elas são diferentes, cada uma tem a sua história: umas com mais alegrias, outras com mais lágrimas. Mas penso que todas elas partilham o mesmo sonho… o de serem felizes e amadas verdadeiramente. Um sonho que tu transportas contigo e que queres realizar, quando encontrares no meio de tantas aquela flor especial… a flor dos teus sonhos, a flor que fará brilhar o teu olhar, a flor que te acordará todas as manhas com o seu perfume, a flor que se regará das tuas lágrimas quando a beijares…
Como todos os outros este poema está lindo… se bem entendi, desculpa se interpretei mal, já surgiu num cantinho uma flor especial…
Também sou flor, embora ainda uma pequenita flor, que vai crescendo alimentando-se das suas próprias lágrimas, e também dos seus sorrisos... que sonha e que quer crescer para se tornar numa bela flor.
Quero que sejas muito feliz, e que tu e a tua flor construam um verdadeiro jardim encantado.
De Anónimo a 22 de Agosto de 2008 às 23:55
É quando a noite cai que a dor me chama com mais força, tornando-se insuportavel, por isso vim refugiar-me nos teus poemas, desculpa invandir tantas vezes o teu cantinho mas estava mesmo a precisar de o fazer... as palavras que escrevo para mim não são suficientes para aliviar o turbilhao de sentimentos que me invadem... por isso vim para o lugar mais calmo que conheço, á procura da paz de espirito que tanto preciso, que tanto busco fracassadamente num outro mundo que me é completamente alheio... desculpa envolver-te nos meus problemas, desculpa estar triste quando estou num cantinho fantastico de sonhos, desculpa...

vou continuar por aqui, porque embora teha todas as imagens guardas no meu pc é sempre diferente vê-las aqui... vou sonhar pra esqquecer...
obrigado
De flipe a 23 de Agosto de 2008 às 10:06
Olá.. bom dia... uma pekenina flor, dizes tu... n serei uma flor, mas tb sou pekenino, na inoçência, na ingenuidade, no sonho constante... mas se isto for ser pekenino vou sempre, sempre, querer sê lo... E tu, certamente uma flor, linda... linda demais... vê se pelas pétalas que deixas vir, pelo aroma que fazes dar a cada palavra, que o serás, muito, muito especial... n tenho dúvidas disso... ninguém sente como tu sentes, ninguém escreve como tu escreves, s n tiver aí dentro, um coração imenso, imenso de amor, de sensibilidade, de carinho, ternura... E a minha flor, um sonho talvez... faço tudo de um sonho, faço tudo num entregar do que sou... se recebo, muitas vezes no mundo que magoa, não, mecho nas pessoas com algodão, delicadamente, assim procuro n me ferir, quando me deixo ir um pouco, ás vezes sou mal compreendido, e logo vem o reflexo de um mundo cheio de prevalências mentiras... a ambição, a matéria a ter, o querer isto, akilo, o idealizer ser... tudo isto k nda kero, nem pretendo... tudo isto que prentendo libertar me, e como gritei atrás, vooar, num lugar mágico, onde tudo se defina por um triêngulo, de três vértices, amor, paz, e luz...Q tu sempre estejas bem dentro deste triângulo.
E agora a noite, vou ser sincero, como sempre kero ser, ás vezes omito, mas por receio do "feedback", ontem li o k m escreste, n kiz logo responder, sabes? ás vezes n é momento certo d dar as respostas... faço nisto uma analogia ao real, ou seja, qtas vezes num presente vias, e nada vias, mas passado um tempo, aí vias, e vias que o viste n era nada do k realmente era verdadeiro... acredito q tudo flui, somos akelas gotinhas num rio da vida, as pedras, embatimentos, por vezes estagnamos um pouco, mas sempre, sempre, fluimos, evoluimos, em pureza, em perfeição, e qd perfeito, juntas te ao mar... será por isso k o mar atrai tanto, a imensidão, o mistério, a perfeição?... Sei o k esta noite, no dia, um vai e vem, como k disfarça, resfria o nosso sentir, vem a noite, cai o vazio, a ausência desta poder dar, deste poder amar, deste abraço k n vem, deste colo k n existe... e tudo parace krer sair, explodir, num oceano de sensações, de emoções, de um amor tão forte e profundo, tão puro e sincero, q com ele moveríamos montanhas, e vales... tudo p ele encontrar o tal porto, onde totalmente seja e se dê...Podes sempre vir até aki, este lugar pertence te, já fazes parte dele, de mim também, peço desculpa se n estou cá, qd aki vens, se n dou o qt kria poder dar, o qt merecias receber, mas no fundo estou sempre aki, deixo parte de mim aki... e de nada, tens d pdir desculpa, é maravilhoso escutar as tuas palavras, o teu sincero e puro amor, k ouço, k sinto... fecha os olhos, deixa esta paz, esta tranquilidade brotar nesse interior tão perfumado, e espera, acalma te, e confia num desaguar, numa corrente q t levará ao caminho certo... eu sei, q s amas, e n podes amar, um dia o poderás fazer... e fazer, e ser, um sonho, uma realidade... Sonha sim, hj e sempre, eu sonho, e sei k sonho, n num sonho, mas num algo concreto e abstracto, num algo puro e perfeito, num algo fundamento da nossa existência... o algo chama-se amor... e ele existe, provavelmente muitos não o tratam como ele merece ser tratado, muitos dizem utilizá lo, dizem sinto lo por alg, qd n o sentem... mas este triunfa sempre... isto é lei... e vem sempre... será como o sol, pode chover, fazer vento, mas o sol está sempre bem lá no alto, assim o amor, basta afastarmos o mau tempo, e irradiá lo.... por vezes mm isto é difiicl... mas virá o seu tempo, no seu espaço, certo..
Obrigado por tudo, por cada bocadinho que escreves tão verdadeiro e sentido, entendo bem demais akilo k escreves, acredita... e sonha sim, sempre, eu estarei aki, e até onde quiseres... serei tudo isto, um sonho apenas, mantenho me, mas reflicto e sonho, e sou livre, p sonhar, p fugir, espero quem me dê a mão, kem m diga ama-me, kem m diga sim, so meu sim k poucos ousam sequer escutar, qd acontecer, farei escudo de mim, asas do meu ser, e levarei a cada dia, esse ser, ao lugar mágico, esse k sei k existe, basta duas pessoas, um amor, e um krer ser...
beijinhos e sê akilo k és, nessa magia k existe dentro d ti... k sempre estejas bem........ e k sempre keiras estar bem.......
Filipe

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket