Domingo, 10 de Agosto de 2008

Um colo, um retrato...

Um colo, um retrato,

um rebuçado, ainda por desembrulhar,

que aguardo por provar.

Parece alimento, mas é alento,

parece carnal, mas é puramente imaterial.

Nada procuro, em toque assente,

apenas um sentido presente, frequente,

de afecto, de cuidado, de amor dado,

recebido e ouvido,

sempre, sempre, compreendido.

Penso no que será, no abraço que virá,

penso na lua que olharemos,

e que juntos contemplaremos,

penso no teu olhar na noite estrelar,

em que a única estrela que verei,

serás tu, a que sempre amarei.

O penteio dos teus cabelos,

aceno delicado, que quererei dar,

assim queiras, minha ternura arrecadar.

Sorrio, e de olhos sonhados,

deixo-me levar, e num salto do tempo,

contigo estar.

De vultos colados, de refexos espelhados,

deixaremos o tempo existir, o mundo se iludir,

e conceberemos a mais bela história,

de um sempre pendor, o eterno amor.

 

Filipe

 

publicado por flipe às 17:41
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Melody * a 10 de Agosto de 2008 às 19:21
Não peças desculpa, pelas lagrimas que deito ao ler, eu apenas agradeço. Agradeço Por escreves coisas que me tocam cá dentro, por escreves plenos sentimentos, desabafos, sonhos e torna-los em magia, em pura poesia.
Eu não sei que eide dizer mais, deixas-me sem palavras. Cada vez que leio fico mesmo atarantada, sem saber dizer algo que valha a pena, mas tudo o que digo, sinto-o. Tudo o leio vindo de ti, é sentido. Posso chorar mas acredita que tambem me fazes sorrir =) Trazes a tal calma.

é tudo tão puro e melancolico, sonhador e ao mesmo tempo real, é simplesmente lindo cada poema, cada pequena, grande, palavra.

Obrigada por me fazeres chorar, obrigada por me fazeres sorrir, obrigada por me trazeres a calma sempre que preciso dela, obrigada por me fazeres sonhar. obrigada por me fazeres sentir.

Obrigada =)

Beijinhos
De flipe a 11 de Agosto de 2008 às 21:32
De nda, de nda tens d agradecer... eu tb t digo--- obrigado por leeres, obrigado por comentares, obrigado por sentires, obrigado por me fazeres sorrir, obrigado por me fazeres sonhar, obrigado por cada palavra, letra, pensamento, batimento, lágrima, que deixas ser, pelo meu ser.... E obg, por sorrires...
E sabes? á quem diga q sou inocente, k n cresci, k vivo em fantasias, k vivo em algo k n existe... sabes o k acredito... k vivo na verdade, e nesta verdade, o amor, é tudo............
Beijinhos
De ρøετïṡα αṉαṡøɾ a 10 de Agosto de 2008 às 23:05
Num museu nasce um olhar ,
uma promessa a voar ...
nasce acreditar ...
basta-te o sonho levar ...

Desenhas teu retrato em elipses liquidas ....
Reinventas o ser ate encontrares ...
O que nao encontras nas palavras escondidas ...
E se leres a escolhida hora e te sentares ?

Olha olha o teu reino ...
Olha olha o que olhas ...
Ves mundos sem freio...
E a quem querias ja tocas...

Mira Mira vagaroso ..
Deus faz tempo com tempo ...
E no tempo poderoso ...
Terás teu momento ...

De flipe a 11 de Agosto de 2008 às 21:36
poetisa que sóis, de sois e estrelas, de anjos e espinhos, esses que deixas colher, mesmo sabendo, que os vais receber. Vives num mundo de cactos, em que de cada toque que dás espinhos recebes, mas tãmbém existem flores, nesse teu caminho, hoje poderão existir poucas, alguns de pouco cheiro, de pouca importância, mas um dia serás abelha, num jardim cheio de flores, onde poderás receber de cda uma o seu pólen, o seu amor...
beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket