Sábado, 9 de Agosto de 2008

Congelo, arrefeço...

Congelo, arrefeço,

estremeço,

o barulho, estanca-se,

e o silêncio, adianta-se.

Uma lágrima irrompe,

num sentido dissemelhante,

de um semblante, que segura o gérmen,

que tarda a poder, em alguém crescer.

A negação, a precisão,

de clamar em narração,

em poesias omniscientes,

de presentes torneados,

em partes encristados.

Faz-te parar, e deixa surgir,

não uma matriz, com solução,

mas um espelho de pura emoção.

Espelho meu, figura minha,

apesar de seres, o carpo dos prazeres,

não és a emanação, que fazes poção,

mas sim um nenúfar, que embala,

nas águas do amor, o único alimento,

o único pendor.

 

Filipe

 

publicado por flipe às 23:31
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Melody * a 9 de Agosto de 2008 às 23:52
Mais Uma Vez Chorei, mais uma vez me acalmei.
Continuo a perguntar-me como é que me consegues tocar tanto, com as palavras mais simples e complicadas que alguma vez li!
é um sentimento único quando leio tudo o que transmites.
os teus sentimentos moldam-se de forma perfeita nas palavras.
eé completamente mágico, cmpletamente irreal e sonhador, faz.me voar, sair daqui por uns momentos. estar calma por uns segundos. e depois debater-me sobre o que escreves, sobre o que transmites.

No teu comentario disses-te que estavas á procura "do" amor, mesmo sendo nova, tambem o quero encntrar. Mas quanto mais procuro mais me perco.
Enquanto estava a ler o poema, estava a ouvir uma musica.

" i was born to tell you i love you" isto fez-me pensar naquilo que escreves, porque pelo que me dá a perceber falas sempre em algo que queres e ainda não encntraste, mas acredita, vais encntrar =)
Apenas...nao procures

=)
Mais uma vez digo: Amo tudos os sentimentos que expoes a partir das mais belas palavras

Boa noite e beijinhos =)
De flipe a 10 de Agosto de 2008 às 17:36
Ainda nunca t pdi dspa pelas lágrimas k em ti faço jorrar, e nenhuma faço apanhar... dspa... se pudesse trocar as tuas lágrimas pelo meu sorrir, de cada comentário que me permites ouvir... fálo-ia, assim como recolher o amor que esperas receber, e colocá.lo ía junto do teu ser, para tu e ele, sempre poderem viver. Travaria uma batalha, para feliz seres, pois seu o fisesse, tornaria alg mais feliz, e só isto teria valido a pena.... NAsceste tu, para dizer a alguém k o amas...? talvez, n nasceste somente p isto, mas nasceste tb p isto....
Nda mais digo, apenas um muito e sempre obrigado...
Filipe... beijinhos
De ρøετïṡα αṉαṡøɾ a 10 de Agosto de 2008 às 00:41
Bates , arremessas

tremes e pensas

silencio extenuante

o barulho extasiante

Não irrompas

sente soar

Nao te escondas

faz-te encontrar...

Naquela subida ..

Aquela poesia contida

Num estranho querer

De apenas quereres ter

Deixa ser dia ...
Alumia a noite ...

E deixa ser limpa....

A luz do horiznte

Um espelho que ves ....

basta deixar reflectir

e deixar ser em ser o que és ...

Basta-te lá ir ...

E o tempo..

É esse espelho ao vento

Oh Principe deixa-te EMERGIR !



De flipe a 10 de Agosto de 2008 às 17:39
Obrigado, obrigado por cda comentário k deixas, e k embaraças o meu humilde gritar... o meu desajeitado escrever... compreendo td, sinto td.. mas n o posso dizer....
beijinho

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket