Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Eu devia chorar, sim...

Eu devia chorar, sim,

não de tristeza,

mas numa necessidade de limpeza,

de pureza, de leveza.

Eu devia sair, sim,

mas de onde para aonde,

de quê para que porquê…

Noites de barulho, não!

Bebidas e tabacos, não!

E então…

Um filme num amor feliz,

uma conversa envolta de verniz,

um passo de caminhada,

um sonho na enseada…

um poema de madrugada…

Serei eu um estranho comediante,

que comenta amor,

que fala de dor,

que ama o silêncio,

que tudo dá pela sinceridade,

pela pura verdade…

Será o meu pensar,

o único deambular,

o único amigo…

Este é o poema, sem poesia,

não é um enredo,

mas pedras que rechaçam no meu ser,

por não haver,

quem junto a mim me compreenda,

e me deixe compreender.

 

Filipe

 

publicado por flipe às 23:11
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De suissinho a 4 de Julho de 2008 às 23:53
tens cd post mais xeio d sentimento!
simplesment perfeito!
:')
sempre que venho cá é para m deliciar c tal escrita..
adoro mxm :)

bjinhu*
De flipe a 5 de Julho de 2008 às 13:54
Obrigado... eu tb de vez em qd, pois n tenho muito tempo, leio o que escreves, e digo te, o que escreves tb é de um sentimento extremo, profundo, sentido... é mm d dentro d ti...
e q hei d dizer perante tais elogios, agradecer t, dizer t q fico mt feliz, por gostares, por compreenderes, e por sentires... eu sei k sim...
beijinho e mais uma vez... brigado... all my heart
De Marianne :'D a 5 de Julho de 2008 às 10:53
Olá!!

E pronto lá está, ou deixas de escrever bem, ou tenho de me repetir . . .

Cada poema está melhor que o outro . . . .

*.*
OMG, qem me dera ter talento para a escrita xD

De flipe a 5 de Julho de 2008 às 13:57
olá--- pois.. e com pesssoas tão maravilhosas como tu a ler e a comentar, ainda mais tenho prazer em escrever, em dar, em dar parte d mim a quem lê...
e talento... palavra muito forte, p os meus pequenos posts q escrevo, talvez sentimento seja a mais adquada... mas é sempre nuito bom... e obrigado... mm.. mmm bg...
e um beijinho p ti... daqueles que n s apaham, nem s guardam, mas k permanecem sempre junto d nós...
De ρøετïṡα αṉαṡøɾ a 5 de Julho de 2008 às 23:02
Em cada poema teu se ve o teu ser ...as palavras dao nos imagens ...

Sseres houvesse que escrevessem de forma apaixonante cm tu ...

Eh pah adorava falr msm ctg pk eu compreendo teus poemas mesmo ...

So quem escreve é que sabe nao é Felipe ?

As palavras sao nossas e nos delas ...

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket