Domingo, 29 de Junho de 2008

Uma história...

Uma história,

de embalar, de tudo ou nada,

de um final feliz, de sempre,

num sempre eterno, de um amor fraterno,

não actual, não banal,

mas puro e perfeito,

todo efeito,

num feitiço de vida,

de união, de pertença, de pertencer,

de acabar o sofrer,

de arder,

como quem não vive sem o fogo,

sem o alimento confeccionado,

 do simples e complexo elaborado,

de um dia haver,

o ínicio, o renascer.

Pesadas complexidades,

passadas tempestades,

em inseguranças constâncias,

em timidezes de tantas vezes,

fosse um sol, e tantas vezes a luz falharia,

fosse o mar, e dias haveria, sem marés,

nem baixas, nem altas, um parar de águas,

um parar e pensar,

um tudo deixar,

um nada rebuscar..

Oh oscilar, ou comedor de palavras,

tranca-me o escrever, faz te ouvinte,

pedinte, faz te luar no meu dormitar,

estrela cadente, num reflexo carente,

num crente que sou,

de tudo que dou,

mas em raios que tudo arrebatam,

arrebatemo-nos, como algo jamais presenteado,

catalogado,

numa dissipação total de dúvidas,

numa pertence, de mútua existência,

de eloquência,

de dormência,

de uma sombra tua minha,

de protecção, e compreensão,

de amizade e facilidade,

de estarmos e sermos,

dia a dia,

partilhantes na dor,

amantes no amor.

 

Filipe

 

publicado por flipe às 11:22
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Flá a 29 de Junho de 2008 às 14:48
Gostei bastante de ler este poema.

Desculpa a intromissão.
beijo
De aquela a 29 de Junho de 2008 às 16:20
Olá! Boa tarde!

Também é bom saber que alguém me compreende, e que sinta o mesmo que eu! É bom saber que não sou a única!
Eu também! Posso não me expressar muito bem, mas sinto-me bem a faze-lo através das palavras. É uma forma de me libertar!
Sabes, eu também! Ainda hoje gosto de estar no msn, para falar com quem conheço. Mas já não é como era. Até que abri um blog por curiosidade. E a verdade, é que, depois de um ano. Custumo vir aqui todos os dias, posso não escrever nada, mas gosto de vir ler o que escrevo. Aqui conto a minha história! Não tens de pedir desculpa! Aqui tenho a minha propria compreensão, e encontro muitas outras que me percebem! Enquanto na vida real, no dia à dia, já não é bem assim! Não sei o que os outros pensam! Aqui sei o que os outros pensam! E avalio-me de uma forma diferente!
Os amigos são uma enorme ajuda é verdade! Mas também é verdade que à alturas que atravessamos sozinhos, parece que tem de ser assim. E é assim que vamos vivendo, vamo-nos conhecendo melhor, vamos crescendo e aprendendo.
Concordo plenamente! Esta é a vida! Nem sempre somos o que representamos! Mas nunca deixamos de ser quem somos!
Claro que não é isso que penso! Bem pelo contrário. Concordo em tudo o que dizes. Pensas o mesmo que eu!
Obrigado por tudo, também!

Beijinhos e obrigado, eu!
De aquela a 29 de Junho de 2008 às 19:02
Olá! Mais uma vez!

Admito que este post foi escrito, a pensar naquilo que disses-te! Sobre aquela insegurança que tens, e que também me é comum!
Claro, agradeço e agradeço mais uma vez!
Tentei descrever aquilo que muitas vezes sinto. O medo que eu tenho, e a frustação que fica por não poder fazer nada por isso! Ele é mais forte que eu!
Não tens de te sentir imcompreendido por isso. Quantas vezes as pessoas ficam vermelhas dentro de si, sem razão aparente? E depois pensam, "porque fiquei assim tão embaraçada com isto?". Não é que aconteça algo de muito importante ou embaraçoso, é apenas a reacção das pessoas!
Eu às vezes evito certas coisas, mas sei que é errado. Não se pode evitar e perder tantos sonhos que temos! Senão acabasse por esgotar o tempo todo!
Obrigado eu, mais uma vez!
Beijinho
De aquela a 29 de Junho de 2008 às 20:59
Olá!
Eu sei que é dificil! E é claro que entendo. Perfeitamente, aliás!
Não tens de agradecer! A sério!
É facil dizer "Tens de acreditar! E teres confiança em ti próprio!" Não é que seja mentira, mas eu sei que é muitissimo complicado! O medo é mais forte que eu! É dificil não evitar nada! Mas tento fazer para que não evite!
Concordo! Não existe aquela necessidade de tentar explicar mais facilmente. As palavras saem!
Na vida, tudo tem um fim! O tempo pode não se esgotar, mas para nós esgota!
Obrigado
De taniam_heidi a 29 de Junho de 2008 às 21:05
Oi!
É fantástico!!!! Tão akelas palavras, por k... uma hidtória... adorooo, flp.
Mts jnhs doces

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket