Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

briza de instantes...

Uma briza suave,

no coração,

um sorriso indiscreto,

de paixão.

Um passeio na rua,

de lugares,

de lembrança,

de olhares.

Pomares de sentimentos,

de momentos,

árvores de frescuras,

outras, securas.

Cruzamentos instantes,

olhares perdidos,

mentes dispersas,

em pontos sentidos.

Dias que foram,

passado marcado,

numa ferida que dói,

que não se sente, mas que mói.

Amor chegar

 amor amar,

 amor esperar,

amor, para ti, guardar.

Filipe

Filipe

tags:
publicado por flipe às 21:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

relojes web gratis

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Fim.. e o renascer.

. Docemente...

. simplesmente caio.

. Os dias escorrem..

. Brisa

. Inspiração

. Só.

. Acordo, e abraço-me.

. Aqui estou...

. onde estás.....? quem és....

Hug
Photobucket